Você Faz Isso? Conheça 6 Erros Comuns ao Conduzir a Moto -

17.06.2021

Você Faz Isso? Conheça 6 Erros Comuns ao Conduzir a Moto

Em geral, as motocicletas têm a fama de serem veículos práticos e muito resistentes. Porém, existem alguns erros comuns ao conduzir a moto que podem reduzir sua vida útil.

Esses são erros comuns porque muitos condutores os cometem sem nem saber que estão agindo de forma incorreta. São pequenos vícios do dia a dia, que impactam diretamente no desempenho da máquina.

Ao conhecer os erros, você consegue identificar se está cometendo algums deles, para mudar de atitude, o que vai garantir mais performance para sua moto.

Veja a seguir uma lista com 6 erros comuns ao conduzir a moto e descubra se você está cometendo um (ou mais) deles!

1. Moto sem limpeza

Toda vez que você liga a motocicleta para fazer uma entrega ou para passear, coloca o veículo em um ambiente cheio de resíduos, como a poeira e a chuva.

Com o tempo, esses resíduos podem se acumular, especialmente em componentes do motor. Assim, a longo prazo, a moto pode perder desempenho.

Para evitar essa situação, é preciso deixar de lado um dos erros comuns ao conduzir a moto, que é rodar com o veículo sem fazer limpezas periódicas.

Tenha como meta lavar sua moto a cada 1.000 km. Além disso, itens como corrente merecem uma atenção especial, com higienização com querosene e lubrificante.

2. Não saber como está o consumo de óleo de motor

Você sabe como está o nível do óleo de motor da sua motocicleta? Se a resposta for não, saiba que você está cometendo um erro!

O óleo de motor tem um papel essencial para o bom funcionamento da moto. Por isso, crie o hábito de verificar a quantidade de óleo de tempos em tempos, seja pela vareta ou pelo visor.

Se você constatar pingos de óleo no chão ou uma queda no volume de mais de 20% entre uma checagem e outra, precisa levar o veículo ao mecânico.

3. Pneus murchos em atividade

Outro dos erros comuns ao conduzir a moto é rodar com os pneus murchos, ou seja, com calibragem menor do que o recomendado pela fabricante.

Para evitar que o pneu fure facilmente ou que haja um desgaste irregular da banda de rodagem, é preciso sempre conferir a calibragem.

Você pode conferir o manual do proprietário para saber qual é a recomendação de calibragem, tanto no número de libras quanto na frequência.

4. Baú muito grande ou pesado para a moto

Quem utiliza a motocicleta como um veículo de trabalho, geralmente conta com um bauleto acoplado ao veículo, que permite o transporte de cargas.

O que nem todo mundo sabe é que toda moto possui um limite de peso que pode suportar. Ou seja, se você colocar mais peso no baú, ou mesmo utilizar um baú muito grande, pode danificar o veículo.

Para não cometer esse erro, você deve conferir o manual do proprietário, para saber qual o limite de peso indicado pela fabricante.

Além disso, empresas especializadas em baús para moto, como a iCBras, conseguem te ajudar a escolher um bom bauleto, ideal para sua moto. Fale conosco para obter essa ajuda!

5. Falta de lubrificação na corrente

Se na etapa de limpeza a corrente já exige uma atenção a mais, imagine na manutenção da moto!

Um dos erros comuns ao conduzir a moto é não se atentar para a falta de lubrificação da corrente, junto da coroa e do pinhão, que são responsáveis pela transmissão secundária.

Nesse sentido, é importante que você utilize um lubrificante adequado para esse tipo de transmissão, reaplicando o produto de tempos em tempos.

6. Descidas “na banguela”

Existe uma lenda de que descer morros com a moto “na banguela”, ou seja, com o motor desligado, ajuda a economizar combustível.

Mas isso não passa de uma crença popular! Na verdade, ao optar por economizar combustível desse jeito, você está correndo o risco de ter gastos muito maiores com o motor.

Afinal, ao desligar o motor para descer morros, você mantém as engrenagens do câmbio funcionando.

Porém, sem o motor em operação, o veículo recebe menos pressão da bomba de óleo, causando vários tipos de falhas.

Você faz isso? Precisa parar agora!

Como você viu, os erros comuns ao conduzir a moto são práticas simples, presentes no dia a dia de muitos motociclistas.

Se você comete um desses erros, pode corrigir seu comportamento e parar agora mesmo! Ao corrigi-los e evitá-los, você dá mais vida e performance para sua moto.

E assim, com uma moto em pleno funcionamento, suas entregas ou passeios ficarão ainda melhores!